Documentos Oficiais
  Certificados de Auditoria
  Catálogo Geral
  Calendário Letivo
  Diversos
  Estatuto UFSM
  Informativos DCF
  PDI - UFSM
  Planos Diretores
  Portaria nº 2.864
  PPCs
  Relatórios de Gestão
  REUNI
  SOS Português
  Administração
  Gabinete do Reitor
  Pró-Reitorias
  Órgãos Executivos
  Órgãos Suplementares
  Unidades Universitárias
  Cursos
  Graduação
  Pós-graduação
  Ensino Médio e Tecnol.
  Educação a Distância
  Especiais
  Base de Jornais
  Casa do Estudante
  Declaração de Bens
  Ex-Alunos
  Intercâmbio / Exchange
  Plano de Saúde
  Rádio UFSM ao Vivo
  Página Principal
  Editais
  Eventos
  Licitações
  Links
  Notícias
  Página Inicial
  Endereço Postal
  Avenida Roraima,
  nº 1000
  Cidade Universitária
  Bairro Camobi
  Santa Maria - RS
  97105-900
  Fone: (55) 3220 8000


Plano de Desenvolvimento Institucional


A Santa Maria que Queremos


NIT


Secretaria de Apoio Internacional


ead


fatec


Portal dos Universitários


fome zero


portal transparência


portal dos convênios




Professor da UFSM publica poemas em uma das principais revistas de cultura do país

24/12/09   13:12:38

Nessas paragens, lembramos a morada antiga / A abóbada celeste, o arco pleno e distante. / Mas aqui só sentimos o que já foi / E o que vemos não existe / Nossa memória, o Letes / Só dissolveu uma parte / E pela doçura do vivido / Nosso cerne anseia ainda.

Sim, faríamos tudo para voltar, / Inda que como escravos, / Carregando fardos dia a dia, / E eu diria tudo o que calei / Sentiria tudo o que adiei.

Estes versos cheios de música e sugestividade compõem a segunda e terceira estrofes de um dos seis poemas que o escritor, tradutor e professor Lawrence Flores Pereira (do Departamento de Letras Estrangeiras Modernas da UFSM) publicou – a convite dos editores – na revista Dicta & Contradicta, uma das mais badaladas publicações de cultura do país na atualidade. Os poemas podem ser acessados no link http://www.dicta.com.br/edicoes/edicao-3/seis-poemas.

Eles foram publicados na edição N°. 3 da revista, de junho de 2009, que traz como carro-chefe uma longa entrevista com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de colaborações de nomes consagrados do debate cultural brasileiro e português, como João Pereira Coutinho, Olavo de Carvalho e Nelson Ascher.

Estes poemas fazem parte de um livro que Lawrence está preparando, com o título de “Engano Especular”. Também para a Dicta & Contradicta, ele fez a tradução do poema “Peter Quince no Teclado” (Peter Quince at the Clavier), de Wallace Stevens – que saiu na edição N°. 2 da revista. Para Lawrence, entretanto, o lugar mais apropriado para a poesia são os livros:

“Prefiro publicar traduções em livro e poemas também em livros. Acredito que poemas tendem a se descaracterizar fora do conjunto da obra para a qual foram compostos. São peças geralmente muito delicadas que só se sustentam fora de contextos onde só o que interessa é a troca de informação e a comunicação. Não há nada mais distante da comunicação do que a poesia. A seleta que fiz no caso da Dicta foi de poemas que, creio, se sustentam sozinhos, sem os restantes do livro.”

Lawrence já verteu para o português obras de literatura originalmente escritas em inglês, grego antigo, francês, espanhol e alemão. Além destas línguas, ele também diz pretender estudar o persa, para traduzir obras do poeta lírico Hafiz.

Algumas destas traduções foram realizadas em conjunto com a professora austríaca de nascimento Kathrin Rosenfield, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – instituição na qual Lawrence também atua, no Núcleo Filosofia-Literatura-Arte, da pós-graduação em Filosofia.

Entre as principais traduções que Lawrence já realizou estão os clássicos do teatro “Antígona”, de Sófocles, e “Hamlet”, de William Shakespeare. Mas ele também já traduziu o poema The Waste Land, de T. S. Eliot, e obras de Barbey d’Aurevilly, Emily Dickinson, Guillaume Appolinaire, Calderón de la Barca e Friedrich Hölderlin.

No momento, ele está preparando uma tradução do poema “Ode ao Rouxinol” (Ode to the Nightingale) e “fazendo os primeiros movimentos” para traduzir alguns contos de Robert Musil, mais uma vez junto com a professora Kathrin Rosenfield.

Fliporto – Recentemente, Lawrence participou como palestrante da 5ª Festa Literária Internacional de Porto de Galinhas (Fliporto), que ocorreu de 5 a 8 de novembro, na cidade de mesmo nome localizada no litoral sul de Pernambuco.

Considerada atualmente a segunda maior festa literária do país (perdendo apenas para a de Paraty – RJ), o evento teve João Cabral de Melo Neto como principal homenageado deste ano. O grande poeta recifense – falecido em 1999 – também foi tema da palestra de Lawrence, que tinha como título “A tradição popular da Espanha e do Brasil na poesia de João Cabral”.








Notícia elaborada pela Coordenadoria de Comunicação Social


Universidade Federal de Santa Maria
Centro de Processamento de Dados
Página desenvolvida pela
Equipe Design/WWW 2001 - 2014